quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Para partilhar umas palavras verdadeiras

E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se envolam tantos anos.
David Mourão-Ferreira

1 comentário:

LuzAzul disse...

minha querida Rita
Como é bom ler David Mourão-Ferreira, o poeta da sensibilidade e do amor eterno pelas mulheres. É lindo este soneto, como o são a maioria dos seus sonetos. Aceito-o como um presente de aniversário, apesar de ter tido um belíssimo presente feito com a tua habilidade e paciência...
a mãe adora-te mãe zuzu